O segundo cérebro


A função principal do intestino é absorver água e nutrientes, mas ele também é responsável pela produção da maior parte de serotonina a ser utilizada pelo corpo, um importante neurotransmissor que atua na regulação do sono, humor, funções intelectuais, e vias sensoriais de nosso corpo, controlando também a sensação de saciedade. Um intestino que não funciona corretamente deixa de nutrir o organismo e a produção de serotonina é reduzida.

Para produzir serotonina precisamos de triptofano, um aminoácido essencial, portanto não produzido pelo organismo, com isso a relação entre o que ingerimos e a saúde do órgão é diretamente proporcional e precisamos atentar a qualidade da nossa alimentação. Quando não comemos de forma adequada, a nossa microbiota intestinal é alterada e todo o sistema sente esse impacto.

A nossa flora intestinal é povoada por bactérias boas e que auxiliam todo esse processo, mas com o consumo de grande quantidade de alimentos de baixa qualidade, como industrializados e embutidos, ela torna-se povoada por bactérias ruins que prejudicam o funcionamento adequado. Por isso, é fundamental reduzir alimentos processados, industrializados e refinados, e privilegiar uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes e fibras.

A nossa excreção também nos diz muito de como está nossa saúde digestiva, ela é a forma mais fácil de entender se estamos ou não metabolizando e absorvendo bem o que ingerimos. Na ayurveda existem algumas técnicas de purificação desse órgão, através de procedimentos que promovem uma limpeza intestinal.

Além da alimentação, podemos potencializar esse órgão com auxílio de probióticos, microorganismos vivos, que compõe a microbiota natural do intestino e atuam na assimilação dos nutrientes que ingerimos, além de nos proteger de possíveis infecções; e também de prébióticos, fibras que não são digeridas na digestão, mas ajudam no processo de fermentação no intestino, estimulando assim a multiplicação da flora bacteriana benéfica. Estes elementos melhoram o funcionamento intestinal, o aproveitamento dos nutrientes, contribuem para o controle na absorção lipídica o que pode ocasionar na redução do colesterol.

O grande comunicador entre o intestino e o cérebro é o nervo vago, assim como o abdômen manda mensagens para a massa cinzenta, o inverso também ocorre, por esse motivo que, diante de situações de estresse, podemos sentir frio na barriga ou vontade de ir ao banheiro.


O nível de estresse e ansiedade a que estamos submetidos também influi no famoso tripé corpo, mente e espírito, para que estejamos bem e saudáveis, esses três pilares precisam estar girando. Na ayurveda diz-se que muitas das nossas doenças tem porta de entrada através da nossa mente e se conseguimos cuidar bem do nosso corpo elas não terão chances. Um intestino saudável permite uma mente saudável, esse trabalho em conjunto é primordial para o nosso estado de saúde físico e mental. Entender que o nosso corpo é um grande sistema e que não podemos compartimentá-lo e cuidar apenas de uma parte é fundamental para garantir o estado de saúde e bem estar.

Faça boas escolhas!

#bemestar #saúde

103 visualizações