©2017 por Tayane Fernandes. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • Branco Ícone Google+
  • White Instagram Icon

Dosha Pitta

Os 5 elementos (panchamahabhutas) formam todo o universo perceptível. Vivo ou não-vivo, tudo é feito deles. Assim, a comida que comemos, nosso corpo, nosso excremento, nosso entorno - tudo é composto de 5 elementos, em proporções únicas em cada um. Esses cinco elementos são terra, água, fogo, ar e éter (menos conhecido que os outros elementos, este último pode ser brevemente descrito como o “vazio”, o “espaço”). As variações na combinação de cada um desses panchamahabhutas dão origem à versatilidade e diversidade na natureza de tudo no universo, incluindo o ecossistema, ocorrem em nossos corpos e também em todos os que compõem o reino animal, vegetal e mineral.


Estes elementos se unem em três combinações, chamadas doshas: Vata (ar e éter), Pitta (fogo e água) e Kapha (água e terra). O estado de equilíbrio dos doshas resulta no bem-estar proporcionado pela harmonização do corpo humano, ao passo que seu desequilíbrio pode causar diversos problemas de saúde física, mental e espiritual, considerando que no ayurveda a saúde tem um significado ainda mais amplo que o difundido no ocidente.





Pitta ocorre quando há dominância dos elementos fogo e água. Suas características são: quente, leve, fluido, levemente oleoso, intenso, perspicaz, mordaz, impetuoso e cáustico. Aquecer e queimar são os verbos deste dosha, que também é descrito como agni (fogo), pois suas funções se assemelham às de uma chama acesa, como queimação, transformação e digestões em geral (de alimentos, pensamentos, sensações e etc).

Regula fome, sede e todos os processos de transformação que ocorrem no corpo, como a digestão. Representa o metabolismo e a energia potencial, que dá brilho ao olhar.

Sua função é gerar energia. Diz respeito principalmente ao sistema digestivo, endócrino e enzimático. É responsável por clareza mental, percepção visual, digestão, metabolismo e regulação de temperatura. Está diretamente relacionado ao tecido (dhatu) sanguíneo.

As funções do Pitta podem ser atribuídas às da digestão, assimilação, termogênese e metabolismo.


O tipo Pitta têm facilidade para adquirir músculos, bem como para ganhar ou perder peso, embora geralmente o mantenha estável por longos períodos da vida. Sentem muito calor e transpiram com facilidade. Possuem dentes fortes, mas gengivas sensíveis. De olhos brilhantes, têm um olhar profundo e desafiador. Normalmente apresentam grande apetite e sede, e capacidade digestiva bem acelerada.


São habilidosos, concentrados e excelentes para aprender. Altamente disciplinados, inteligentes, estudiosos, pessoas do tipo Pitta tendem a ser ótimos líderes. São questionadores, críticos, gostam do poder e de enfrentar desafios. Corajosos e compreensivos, têm grande habilidade para solucionar situações difíceis e estressantes, pois são objetivos e focados.


São perfeccionistas e costumam se irritar com facilidade. Quando em desequilíbrio, tendem a apresentar problemas de pele, alergias, queda de cabelo, irritabilidade, raiva, suor excessivo, enjoos e inflamações.


De modo geral, as pessoas são bi-doshas, isto é, apresentam características dominantes de 2 doshas ao mesmo tempo. Embora existam casos de tri-doshas ou dosha único.

Devido à influência do ambiente, do estilo de vida e outros fatores, o seu dosha atual pode não ser o seu dosha original. Procure um profissional para fazer a identificação correta do seu dosha e também auxiliar no reequilíbrio e harmonização dos seus panchamahabhutas.


Referências:

VAGBHATA. Aṣṭāñga Hṛdaya. Tradução para o inglês por: Dr, T Sreekumar. India, Harishee Hospital, 2015, Vol. 1, décima quinta edição. Versão Brasileira. Original em Sânscrito.

DE LUCA, M.; BARROS, L. Ayurveda - Cultura de bem-viver. São Paulo, Editora Cultura, 2007.

PIRES, L. O sabor da harmonia: receitas ayurvédicas para o bem-estar. Rio de Janeiro, Rocco, 2013.

9 visualizações