Mundo PANC


Amor-perfeito, ora-pro-nobis, capuchinha, caruru, espinafre da amazônia, jambo, beldroega, bertalha, trapoeraba, peixinho da horta, jenipapo, taboa, mastruz, azedinha, são todas Plantas Alimentícias Não Convencionais, as famosas PANC, e com certeza você já cruzou pelas ruas com algumas dessas espécies, mas provavelmente nem percebeu que elas renderiam uma bela refeição.

As PANC se referem a partes das plantas (frutos, folhas, flores, rizomas, sementes, etc) que podem ser consumidas pelo homem, cruas e/ou após preparo culinário. Além das ‘partes de plantas não convencionais’, também trata das ‘partes não convencionais de plantas comuns’, como por exemplos o uso das folhas de batata-doce e do mangará (coração) da bananeira na alimentação.


Foto: Salada com flores e folhas de capuchinha,almeirão roxo, alface lisa e crespa, jiló maduro (vermelho), morango e kiwi.

Talvez seja novidade também que cerca de 30.000 espécies vegetais possuem partes comestíveis, e ainda assim 90% da alimentação mundial é oriunda de apenas 20 espécies com poucas variedades dentro delas e que vem sofrendo crescente erosão genética, a respeito da transgenia. A gente nem sabe o que pode ou não comer, na minha rua tem uma jasmim-manga que vive carregada e eu nunca vi ninguém colhendo para fazer qualquer preparo. Talvez por não ter acesso a essa informação ou por nunca ter pesquisado sobre.

Algumas chamadas erroneamente de daninhas, pragas ou até de invasoras porque muitas vezes cresceram de forma espontânea, as PANC fazem parte do nosso dia a dia, mas são negligenciadas, elas tem enorme potencial para complementação alimentar, diversificação dos cardápios e dos nutrientes ingeridos e também na economia com a compra e ampliação das fontes de renda familiar, como a venda de partes das plantas ou de produtos processados (geleias, pães, farinha, etc).


Foto: Frutos de capuchinha.

Novidade para uns, notícia antiga para outros, é cada vez mais comum encontrar algumas PANC em feiras, aquela folha que você nunca viu em uma banca ou aquela fruta diferente das demais pode ser uma PANC, pergunte, converse com o feirante. Sendo espontânea e de fácil manejo, elas tendem a se tornar mais baratas para o produtor e consequentemente para o consumidor, pensando nos alimentos orgânicos e agroecológicos. Vamos ampliar esse mundo PANC, se cada vez mais procurarmos, mais encontraremos, pois demandas tendem a gerar ofertas.

#PANC #alimentosdaépoca #saberestradicionais

0 visualização

©2017-2020 por Tayane Fernandes. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • Branca ícone do YouTube