top of page

O que é whole food plant based diet?


Muitos acabam por desistir do rótulo de “dieta”, em favor do “estilo de vida”. Talvez isso aconteça porque a nossa noção popular de dieta tornou-se distorcida e confusa. Isso implica uma luta, enquadra cada refeição como um desafio a superar, tendo como principal sinônimo restrição, o que é errado. Dieta é o conjunto de alimentos e bebidas ingeridos usualmente por uma pessoa. A palavra "dieta" tem origem no latim diaeta, que vem do grego “díaita”, que significa "modo de vida".

Um estilo de vida do whole food plant based diet (WFPB) é diferente. Não é uma punição de curto prazo cobrada pela culpa. É simplesmente um retorno a alimentos integrais, sabores ricos e saúde natural.

Apesar do termo correto ser em inglês eu prefiro sempre abrasileirar e falar em “alimentação baseada em plantas”, a partir do nome simplesmente é possível pensar no veganismo, mas ela não é definida apenas pelo que elimina. Uma dieta WFPB é definida também pelo que enfatiza: uma grande variedade de alimentos integrais.

É o consumo de alimentos in natura e minimamente processados. Na prática, é comida de verdade, que não teve nenhuma alteração na forma do alimento, sendo igual ao que encontramos na natureza, ou que apenas passou por processos de limpeza, remoção de partes não comestíveis ou indesejáveis, separação, secagem e outros processos similares que não envolvam a adição de sal, açúcar, óleos, gorduras ou outras substâncias aos alimento original.


Plant-based

Alimentos processados ou ultraprocessados, por outro lado, não estão incluídos em uma dieta WFPB. Isto significa evitar produtos de cereais altamente refinados (por exemplo, arroz branco, farinha branca), alimentos fabricados pela indústria contendo açúcares adicionados ou edulcorantes artificiais (por exemplo, açúcar de confeiteiro, xarope de milho com alto teor de frutose) e alimentos contendo gordura adicionada.

O Guia Alimentar para a População Brasileira ressalta: “Faça de alimentos in natura ou minimamente processados a base de sua alimentação”. E sugere uma alimentação baseada em plantas e de reduzido consumo de carnes como uma alimentação nutricionalmente balanceada, saborosa, culturalmente apropriada e promotora de um sistema alimen